Policiais militares não terão reajuste salarial

OS POLICIAIS MILITARES DO ESTADO DE SÃO PAULO NÃO TERÃO REAJUSTE SALARIAL.

Pelo menos no primeiro semestre, não.

Foi o que disse o governador Geraldo Alckmin, hoje (16), em reunião com presidentes de entidades PM. Alckmin explicou que o país está em crise e a arrecadação do Estado está caindo. Por isso, não dá para atender ao pedido das entidades, de 15% de reajuste para este ano e 15% para o ano que vem. O governador prometeu receber o grupo novamente, ainda no primeiro semestre, para avaliar o comportamento da economia e a possibilidade de conceder reajuste.

Participaram do encontro o presidente da Associação dos Cabos e Soldados e da CERPM – Coordenadoria de Entidades Representativas de Policiais Militares do Estado de São Paulo – Cb PM Wilson de Oliveira Morais, os presidentes da Associação dos Oficiais (Cel PM Salvador Pettinato Neto) e da Associação dos Subtenentes e Sargentos (Subten PM Marco Antonio Zanca), e a presidente da União das Pensionistas, Célia Maria da Silva. Acompanharam a reunião o secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, e o Comandante-geral da Polícia Militar, Cel PM Ricardo Gambaroni.