Autoridades prestigiam solenidade dos 80 anos da AOMESP

O octogésimo aniversário da AOMESP não poderia ser comemorado em melhor estilo. Na noite de 25 deste mês, às 20 horas, compareceram à Sede dezenas de associados, todos os diretores e conselheiros, e inúmeras autoridades, o que comprova o prestígio de que desfruta nossa Associação. Aqui estiveram o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, desembargador José Renato Nalini; o Secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes; o chefe da Casa Militar, Cel PM José Roberto Rodrigues de Oliveira; o comandante-geral da Polícia Militar, Cel PM Ricardo Gambaroni; o chefe da Assessoria Militar do Tribunal de Justiça, Cel PM Washington Luís Gonçalves Pestana; os deputados estaduais coronéis Álvaro Batista Camilo e Paulo Adriano Lopes Lucinda Telhada.

Também estiveram presentes o presidente da Coopmil, Cel PM Hudson Tabajara Camilli; o deputado federal constituinte Hélio Cezar Rosas; o comandante do 45º BPM/M, Ten Cel PM José Eduardo Bexiga; o juiz assessor do presidente da Comissão para Assuntos de Segurança Pública, Kleber Leyser de Aquino; o secretário-adjunto da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa; o assessor do vereador Mário Covas Neto, Antonio Carvalho Barbosa; a diretora-cultural da Associação Movimento Frente Popular e diretora-social da Escola de Samba Unidos do Peruche, Marisa Rossetto; e várias outras autoridades civis e militares.

A Diretoria da AOMESP homenageou com a “Medalha Veteranos da Polícia Militar” o desembargador José Renato Nalini e o superintendente da Fundação Cásper Líbero, Sérgio Felipe dos Santos, no ato representado por José Luciano Duarte. Ao entregar a medalha, o presidente da AOMESP, Cel PM Jorge Gonçalves, disse que a láurea representa uma homenagem ao esforço das pessoas em dignificar a Polícia Militar, e ao apoio e especial consideração aos policiais militares do Estado de São Paulo.

Foi uma noite de muita emoção que começou com a bênção do padre Antuniel Augusto Ribeiro, da Diocese de Santo Amaro, seguida do canto do Hino Nacional Brasileiro, com o maestro Ricardo Rossetto nos teclados e o Cap PM Renato Franco de Camargo ao trompete. O mestre de cerimônias foi o Cel PM Ricardo Jacob, vice-presidente do Conselho Deliberativo da AOMESP.

 

Elogios – O primeiro a discursar foi o Cel Gambaroni, que falou de seu orgulho de ser associado da AOMESP. Ele elogiou os oficiais e praças veteranos presentes, homens e mulheres que ajudaram a escrever a história da Polícia Militar. “Aprendemos muito com vocês”, disse. “Olhamos para o passado para aprender o que fazer para dignificar o futuro”, completou, sob aplausos.

O chefe da Casa Militar, Cel José Roberto, disse que a Associação é uma família da qual ele faz parte. “Aqui estou entre amigos”, disse. “Esta é uma associação ordeira, que defende os interesses da classe policial-militar”, explicou aos colegas de mesa.

O secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, fez questão de comparecer ao evento para homenagear a Polícia Militar. “Agradeço a todos, oficiais e praças, pelo excelente serviço que vêm prestando, e pelo apoio a minha gestão”, disse. O secretário declarou seu apoio à Polícia Militar e também aos policiais militares, no que foi seguido pelos deputados Cel Camilo e Cel Telhada. “Estamos trabalhando pelos policiais militares”, disseram.

 

Orgulho – O homenageado da noite, desembargador José Renato Nalini, agradeceu pela “fidalguia” com que foi recebido na AOMESP, cumprimentou pelo aniversário e declarou-se admirador, amigo e parceiro da Polícia Militar. Lembrou da manifestação ocorrida no dia 15 deste mês, em São Paulo, em que crianças, jovens, adultos e idosos posaram para fotos abraçados a policiais militares. “Este é um passo que foi dado em direção a uma democracia de verdade”, disse. “E o comportamento das pessoas mostrou que quem deve ter medo da Polícia são os bandidos, não os cidadãos de bem”, completou, sob muitos aplausos.

Sobre a Polícia Militar, falou de sua admiração pela hierarquia e disciplina que norteiam a tropa, e do orgulho que todos demonstram nas solenidades, ao canto do Hino Nacional. “Isto nos dá a esperança de que o Brasil pode ter dias melhores. E é algo que deve contaminar toda a sociedade”, salientou.

Depois, ao presidente da AOMESP, falou do orgulho que sentia por ter recebido a medalha, e garantiu que será uma das que mais prezará. “Terei orgulho dela, pela minha passagem pelo Tribunal de Justiça”, finalizou.

 

Agradecimentos – O anfitrião da noite, Cel Jorge Gonçalves, visivelmente emocionado, agradeceu a todos pela presença. “Estou muito envaidecido por estar aqui, porque esta é a sexta cerimônia que presido como presidente da AOMESP”, disse, também sob aplausos. “Muito obrigado, meus amigos, pelo apoio e pela força ofertados a nossa administração”, finalizou.

A cerimônia foi encerrada com o canto da Canção da Polícia Militar. Depois, foi servido um coquetel ao som da banda Joel Musical, de Jacareí.

Para abrir a galeria de fotos, clique na primeira foto. Depois, siga a seta.