AOMESP vai lançar livros de memória

Mais uma vez a AOMESP vai fazer história. Em junho deste ano virá à luz o primeiro volume da série No meu tempo… O que vi e vivi na Polícia Militar do Estado de São Paulo, coletânea de livros organizada pelo jornalista Silvio Forato que terá por objetivo perpetuar a história da Corporação por meio do relato de seus protagonistas.

Os livros serão compostos de crônicas escritas por associados AOMESP que já se aposentaram. Os autores, dentro das medidas gráficas preestabelecidas, terão ampla liberdade sobre o tema que escolherem discorrer, não cabendo censura ou cortes de qualquer natureza, evidentemente desde que não contenham ofensas.
A série estará aberta a todos os associados, indistintamente. Aqueles que têm dificuldade para escrever, por falta de costume ou técnica, mas têm uma boa história para contar receberão auxílio do organizador. Ele poderá editar o texto, sugerir mudanças, alterações, cortes ou complementações. A nova versão será submetida ao autor, para autorizar a publicação.

Direitos autorais

No meu tempo… O que vi e vivi na Polícia Militar do Estado de São Paulo terá tiragem inicial de 1.500 exemplares. Cada autor presente na edição terá direito a dez exemplares; o restante será distribuído para as unidades da Polícia Militar em todo o Estado de São Paulo, para as regionais da AOMESP, para entidades coirmãs e para bibliotecas e museus em São Paulo.

Como se trata de uma iniciativa sem fins lucrativos, os autores deverão autorizar a impressão de seus textos na coletânea abrindo mão, desde já, de qualquer remuneração a título de direitos autorais. Ao receber o texto para publicação, o organizador enviará ao autor, por e-mail, o Termo de Cessão de Direitos Autorais, que deverá ser preenchido pelo autor e assinado, necessário também o reconhecimento de firma. Este Termo deverá ser enviado à AOMESP por Correio ou entregue pessoalmente na Sede em São Paulo ou em qualquer das regionais.

Memória

Ao lançar a série No meu tempo… O que vi e vivi na Polícia Militar do Estado de São Paulo a AOMESP estará prestando um serviço inestimável às gerações futuras. Integrantes da Polícia Militar, pesquisadores, estudantes, historiadores e simples leitores poderão beber da melhor fonte sobre a história da Milícia Bandeirante: a memória de quem viveu a realidade. A iniciativa é exemplar; são raras em nosso meio as obras que tratam da Polícia Militar, escrita pelos seus protagonistas, sem o rigor científico.

A AOMESP espera lançar muitos livros da série. Dependerá apenas do interesse de seus associados em registrar aquilo que se perderá, inevitavelmente, quando cada um de nós encerrar a missão aqui na Terra. Portanto, vamos nos eternizar nas páginas de No meu tempo… O que vi e vivi na Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Formato para envio

TEXTO
Em Word, fonte Times New Roman
mínimo de 4.000 caracteres – incluindo espaços
máximo de 7.000 caracteres – incluindo espaços

TÍTULO
mínimo 40 caracteres; máximo 60.

CRÉDITO
a) Nome do autor
b) Turma na escola de formação
c) Ano
d) Principal posto ocupado na Corporação. Exemplo: Comandante-geral no período de… (mês e ano)
e) Ocupação atual

ADICIONAIS
Enviar para “livro@aomesp.com.br”
com telefone para contato