AOMESP chega aos 84 anos de vida

Na noite de 22 deste mês (março), o presidente da AOMESP, Cel PM Jorge Gonçalves, recebeu diretores, conselheiros, autoridades e dezenas de associados e seus familiares para comemorar o 84º aniversário da Associação. Foram horas cercadas de muita emoção e lembranças. Nos discursos das autoridades, o reconhecimento pelo trabalho realizado ao longo do tempo, pela pujança da AOMESP e de sua participação ativa nas movimentações políticas que afetam sobremaneira a vida da Instituição e dos policiais militares.

O Cel Jorge enfatizou a importância da cerimônia, a décima sob sua administração. Agradeceu a todas as autoridades da Mesa e assinalou sua alegria por reunir naquela noite tantos amigos e companheiros num ambiente fraterno e agradável. “Aliás, é isto o que a AOMESP faz de melhor”, salientou o Presidente. “A oportunidade de aproximação dos associados, que proporcionamos por meio de nossos encontros, festas e bailes, é parte do nosso compromisso de dar mais opções de lazer a todos.”

O Presidente da Diretoria Executiva também lembrou que, ao assumir a administração, a AOMESP contava com pouco mais de 5 mil associados. Graças a um trabalho profissional e insistente, chega aos 84 anos com mais de 23 mil associados. O Cel Jorge destacou a atuação sempre firme e dedicada do Escritório Negri Advogados Associados, responsável por grandes vitórias jurídicas para todos. “É certo que o Estado ainda não fez os pagamentos devidos, mas não há como escapar do que já foi decidido pela Justiça, e mais cedo ou mais tarde terá de pagar”, garantiu.

O Cel Jorge ainda falou de seu estilo de administração, sempre procurando fazer mais e melhor pelo menor custo, de modo a não permitir o esvaziamento de recursos tão duramente conquistados. “Nossa Associação está bem, financeiramente, mas temos que garantir essa estabilidade”, explicou.

É assim que tem sido feito desde o dia 25 de março de 1935, quando um grupo de oficiais reformados da Força Pública aprovou por unanimidade, em assembleia da qual participaram 177 oficiais de vários postos, a constituição da Associação e seu Estatuto, com a denominação de Associação dos Oficiais Reformados da Força Pública do Estado de São Paulo.

Nessa mesma Assembleia foi eleita a primeira diretoria, com a seguinte constituição: Presidente – Maj Dr. Arlindo de Carvalho Pinto; Vice-Presidente – Ten Cel Afonso Luiz Cianciuli; Secretário-Geral – Ten Cel Azarias Silva; 1° Secretário – Cap Manoel de Oliveira Cravo; 2° Secretário – Ten Lourenço Raimundo de Oliveira; 1° Tesoureiro – José Garcia; 2° Tesoureiro – Irineu Rangel de Carvalho.

 

Autoridades

Prestigiaram a cerimônia em comemoração aos 84 anos da AOMESP o deputado estadual Coronel Telhada, o Cel PM Vanderley Ramos (que representou o Comandante-geral Cel PM Marcelo Vieira Salles), o Cel PM José Roberto Rodrigues de Oliveira (secretário da Segurança Urbana de São Paulo, que também representou o prefeito Bruno Covas), o Cel PM Roberto Allegretti (presidente da AFAM e da FERMESP – Federação das Entidades Representativas de Militares do Estado de São Paulo), o Cel PM Hudson Tabajara Camilli (presidente da Coopmil), o Cel PM Antonio Augusto Neves (que já foi juiz do Tribunal de Justiça Militar e hoje é diretor da Associação Paulista de Magistrados), o Subten Marco Antonio Zanca (presidente da Associação de Subtenentes e Sargentos) e o Cb PM Wilson de Oliveira Morais, presidente da Associação dos Cabos e Soldados.

 

Frases

 

Deputado Estadual Coronel Telhada

“Cancelei dois compromissos para vir até esta Casa, por sua importância e pelo que representa para nós. Coloco meu gabinete à disposição de todos.”

 

Cel PM Wanderley Ramos

“É uma honra estar num local tão nobre, nesta noite de confraternização, representando o Comandante-geral de nossa Corporação.”

 

Cel PM José Roberto Rodrigues de Oliveira

“É sempre bom comemorar o aniversário da minha Associação com minha família.”

 

Cel PM Roberto Allegretti

“A AOMESP oferece a possibilidade de um relacionamento humano nesta época em que perdemos a capacidade de falar e de ouvir. Esta Associação permite que as pessoas entrem, falem e ouçam.”

 

Cel PM Hudson Tabajara Camilli

“Sinto-me realmente em casa, aqui. Esta entidade trata as pessoas com carinho em ambiente saudável, alegre e de respeito. O que mais vale na vida é o relacionamento, e esta Associação propicia isto.”

 

Cel PM Antonio Augusto Neves

“O que dá vida a esta Associação é a presença massiva dos associados. Em outras entidades é difícil esta frequência, que é o que dá vida a todos nós.”

 

Subten PM Marco Antonio Zanca

“Tenho me espelhado no Cel Jorge para dirigir a Associação dos Subtenentes e Sargentos. Aqui estão pessoas interessadas em preservar a família policial-militar.”

 

Cb PM Wilson de Oliveira Morais

“Também me espelho no Cel Jorge para dirigir a Associação dos Cabos e Soldados. Parabéns apela sua administração, cada dia trabalhando mais.”